terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

CALCANHAR DE AQUILES

“... o pecado que tão facilmente nos engana...” – Hebreus 12:1 NLT

Aquiles, o herói grego da Guerra de Tróia, era invulnerável, com uma exceção: seu calcanhar. Bastava atirar naquele local para derrubá-lo. Adivinhe o que aconteceu? Ele morreu por causa de uma flechada no calcanhar! Todos nós temos o nosso “calcanhar de Aquiles” – o “pecado que tão facilmente nos engana”. Nele, a cegueira, a indiferença ou a negação nos preparam para o fracasso.

Então, como vencer o nosso calcanhar de Aquiles? O escritor John Piper nos oferece algumas soluções:

1) Evite visões e situações que estimulem desejos inadequados. Evite o que alimenta o seu apetite pelo pecado.

2) Diga não a todo pensamento de luxúria no prazo máximo de cinco segundos. Nos primeiros dois segundos, grite: “Não, saia da minha mente!” Nos dois segundos seguintes, clame: “Oh, Deus, em nome de Jesus, ajude-me. Salve-me agora. Sou Teu”. Diga isto em voz alta. O escritor Puritano John Owen disse: “Mate o pecado, ou ele o matará”.

3) Volte sua mente poderosamente para Cristo. Ataque o pecado com as promessas de Cristo.

4) Retenha a promessa e o prazer de estar com Cristo firmemente em sua mente. Por quanto tempo? Até que eles empurrem para fora todas as outras imagens. Segure-os. Não os solte. Guarde-os até vencer!

5) Desfrute de uma satisfação superior, que é o prazer de estar com Cristo. Se você tem pouco prazer em Jesus, os prazeres que competem com Ele triunfarão.

6) Mova-se, fazendo coisas úteis, saia da ociosidade e evite comportamentos que o deixam vulnerável. Seja abundante na obra do Senhor (1 Co15:58). Substitua os desejos enganosos por uma paixão por boas obras. Hoje, usando estas simples instruções, você pode passar da vulnerabilidade à vitória extraindo o poder do Espírito de Deus que há dentro de você (Gl 5:25).

Porção diária: Porção Diária: Leia Gn 32-34, Lc 9:46-56, Sl 145:14-21, Pv 4:23-24

Nenhum comentário:

Postar um comentário