segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

O PERIGO DE SE BUSCAR SATISFAÇÃO NAQUILO QUE DEUS PROIBE

A história de Sansão é uma das mais belas histórias das Escrituras. O nascimento de Sansão é um milagre duplo, primeiramente, na vida de seus pais que apesar serem crentes e fieis a Deus não podiam ter filhos devido à esterilidade da mãe de Sansão, mas a graça de Deus alcançou esta família concebendo a ela o privilégio de ter um filho para servir ao Senhor. A notícia foi dada à mãe de Sansão através de um anjo do Senhor, o menino seria um nazireu, e por isso deveria ser consagrado a Deus desde o ventre até o dia de sua morte. E por ser Nazireu, não poderia tocar em cadáver, tomar bebidas fortes ou cortar os cabelos, este era o requisito para uma vida de pleno louvor e honra a Deus.

Em segundo lugar, no nascimento de Sansão foi um milagre Divino para o povo judeu. Este menino seria abençoado por Deus e cheio do Espírito Santo, para livrar Israel das mãos dos filisteus, mudando assim a realidade de cativeiro e opressão vivenciada pelos servos de Deus.

Mas Sansão resolveu buscar satisfação para o seu coração naquilo que Deus proibia. Por capricho, vaidade e desobediência, tomou para sim esposas de povos que não amavam a Deus. Além disso, comeu mel de cadáver, no qual ele nem deveria ter tocado. E por ultimo Sansão tem os seus cabelos cortados pela traidora Dalila.

Esta é a historia de um homem que tinha tudo para ser um modelo positivo às gerações futuras, mas não é isso que acontece, Sansão se torna um exemplo a não ser seguido. Faltou fidelidade e temor ao Senhor e zelo pela obra que deveria realizar. Sansão buscou realizações para o seu próprio coração, mesmo que estas realizações estivessem distantes do prazer do Senhor. E foi traído, humilhado, envergonhado, ridicularizado.

Conosco também não é diferente, escolher trilhar o caminho da desobediência e negligencia espiritual, sempre trará sobre as nossas vidas as conseqüências da nossa própria rebeldia e da disciplina do Senhor. Por isso, fuja das paixões e dos enganos do seu coração pecaminoso, lute para obedecer o evangelho de Cristo com a mesma intensidade de força que Sansão demonstrava ao lutar contra os seus inimigos. Cuidado com os caminhos e com as decisões que comprometem à Palavra de Deus, por que sempre que tomarmos posturas que ferem os principios das Escrituras, sofreremos as conseqüências terríveis da nossa rebelião. Portanto, nunca se esqueça, que mesmo que o pecado tenha gosto de mel, ele cheira mal e o seu fim sempre será amargo, trágico, vergonhoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário