sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

COMO RECUPERAR E CONSERVAR A PRESENÇA DE DEUS?

 Uma vez que tantos cristãos ignoram a oração, a verdadeira pergunta é: "Você quer que a presença de Deus esteja ao seu lado, de forma real?" Porque, acredite se quiser, Israel poderia ter prosseguido para possuir tudo o que Deus havia prometido — sem a sua presença! Israel poderia tê-lo feito, e muitos cristãos o fazem hoje.
 Deus disse a Moisés que tomasse o seu povo e o conduzisse à Terra Prometida; também disse que um anjo os guiaria, e não ele próprio. "Mas eu não subirei no meio de ti, porque és povo de dura cerviz, para que eu não te consuma no caminho" (Êxodo 33:3). Pense nisso! Todas as bênçãos de Deus, todos os direitos que ele prometeu, a plena herança, mas sem a sua presença! A presença de anjos, uma terra que mana leite e mel, mas sem a presença de Deus!
            Saul perdeu a presença de Deus, entretanto o Senhor permitiu que ele derrotasse os amalequitas. Saul venceu os filisteus. Ele ainda era rei. Mas quão terríveis são as conseqüências de ser deixado fora da presença do Senhor! Nesta situação o pecado prospera, os ídolos entram e a carne toma o trono. Davi tinha visto tal coisa, de modo que ele clamou: "Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Santo Espírito." Moisés conhecia essas conseqüências, por isso ele se recusou a ir sem a presença de Deus. Ele disse a Deus: "Se a tua presença não for conosco, não nos faças subir deste lugar. Como se saberá que achamos graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Acaso não é por andares conosco, de modo que somos separados, eu e o teu povo, de todos os povos que há sobre a face da terra?" (Êxodo 33:15-16).
            Três fatos aconteceram antes que a coluna de nuvem da presença de Deus voltasse: "Ouvindo o povo estas más notícias (que Deus não iria com eles), pôs-se a prantear, e nenhum deles vestiu os seus atavios. Ora, Moisés costumava tomar a tenda e armá-la para si, fora, bem longe do arraial. Todo aquele que buscava ao Senhor saía à tenda da congregação, que estava fora do arraial. Quando Moisés entrava na tenda, descia a coluna de nuvem" (Êxodo 33:4,7,9).
            Primeiro eles prantearam, choraram, entristeceram-se e se arrependeram diante das más notícias da retirada de Deus. Ficaram sabendo que Deus não habita com um povo rebelde que tem pouca estima por sua Palavra. Descobriram que ele faz exatamente aquilo que diz. Embora eles fossem escolhidos, Deus disse que os deixaria. Ouça a sua Palavra: "Voltai para mim de todo o vosso coração, com jejuns, com choro e com pranto. Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes. Voltai para o Senhor vosso Deus, porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em amor, e se arrepende do mal. Quem sabe se não se voltará e se arrependerá, e deixará após si uma bênção" (Joel 2:12-14). Essa bênção é a presença do Senhor.
            Onde estão os cristãos que levarão a sério a sua Palavra, que chorarão, jejuarão e o buscarão, até que haja uma promessa de sua presença?
            Em segundo lugar, eles puseram de lado todos os seus atavios. O Senhor disse: "Tira, pois, de ti os atavios, para que eu saiba o que te hei de fazer" (Êxodo 33:5). Isto quer dizer que eles tomaram providências práticas para afastar toda distração mundana. Seus atavios eram cópias de ouro e prata dos maus deuses egípcios — camundongos, bodes e bezerros balançando em correntes. A desculpa que eles apresentavam era: "Eu não adoro esta coisa que está no meu pescoço. É apenas um pedaço de ouro. Não significa nada; é um lembrete sentimental do Egito!" Deus, porém, sabia que era mais do que isso. O profeta Sofonias advertiu que Deus julgaria esses israelitas: "Exterminarei... os que se inclinam ao Senhor, e juram por ele e também por Milcom" (Sofonias 1:4-5). O povo de Deus havia feito pequenos atavios, imagens do deus moabita e amonita Milcom (Moloque), o deus de sacrifício humano. Até este tempo Deus havia suportado este namoro, mas agora o problema era vida ou morte. Seus pequenos amuletos os haviam levado a fundir o bezerro de ouro. Por isso Deus disse: "Basta! o mínimo que vocês podem fazer é desfazer-se de tudo quanto os encanta! Qualquer coisa a que vocês sacrifiquem seu tempo!"
            Dizem os cristãos que eles desejam a presença de Deus, mas não cuidam de desfazer-se das coisas que obviamente os desviam dele. Josué ordenou ao povo: "Agora, pois, temei ao Senhor, e servi-o com integridade e com fidelidade; deitai fora os deuses" (Josué 24:14). "Deitar fora", no hebraico significa "desliguem-se de seus deuses". Deus não está brincando quando ordena: "Não meterás, pois, coisa abominável em tua casa" (Deuteronômio 7:26); "não toquem em coisa impura"; "não ponham coisa iníqua diante de seus olhos"; "andem diante de mim sem mácula". Portanto, eles se despiram de tudo quanto ofendia a Deus.
            Em terceiro lugar, Moisés erigiu uma tenda fora do acampamento. O tabernáculo ainda não havia sido edificado. Esta era uma tenda especial, uma habitação para a presença de Deus, localizada fora de toda distração, longe do arraial. Só os que em verdade buscavam o Senhor é que iam até a tenda. Moisés saía diariamente, e Josué nunca deixou de fazê-lo. Essa tenda representa o local secreto de oração do cristão. O filho de Deus deve deixar para trás sua família e seu horário todo tomado. Ele deve afastar-se de tudo isso para encontrar-se com o Senhor, para buscar a sua face, pois Deus lamenta que "ninguém há que levante a minha tenda e lhe erga as lonas" (Jeremias 10:20).
            Só, então, o problema foi resolvido. "Quando Moisés entrava na tenda, descia a coluna de nuvem, e ficava à porta da tenda, e o Senhor falava com Moisés... Respondeu-lhe o Senhor: A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso" (Êxodo 33:9,14). Se você realmente deseja a presença de Deus, onde está a sua tenda? Por que não busca mais ao Senhor? Por que não estuda a sua Palavra? Por que seu único contato com ele é a igreja? Será que você não conhece, ou mesmo nem procura conhecer, acerca da presença de Deus em sua vida?

 Fonte: David Wikerson

2 comentários:

  1. Oie Pastor achei muito interessante a sua postagem, o tema que o Senhor levantou. Eu estava lendo e comecei a lembrar de pessoas nos comentam que não conseguem ouvir a vós de Deus mesmo indo na igreja. E nem percebem que para sentir a Deus e telo em nossas vidas e preciso buscá-lo de todo coração, somos nós que temos que procurá-lo, e bater na porta para encontrá-lo, temos que ir até onde ele está como fez Moisés, que deixou tudo ao seu redor tudo o que poderia tirar a sua atenção, fez um lugar isolado separado para estar com Deus ele purificou o ambiente para Deus habitar lá, é isso que temos que fazer com nossas vidas temos que nos purificar deixar as impurezas pra fora e fechar a porta, buscar com fervor a presença do Senhor, enquanto podemos achá-lo.
    Que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  2. Estava precisando dessa palavra para buscar melhorar sempre...

    D. Ajala

    ResponderExcluir