sexta-feira, 20 de julho de 2012

Cristãos de Itapevi vão às ruas para divulgar o Evangelho


Cristãos de Itapevi, na Grande São Paulo, se uniram para criar um movimento que ajude as pessoas a conhecer Jesus. O movimento nasceu da necessidade constatada a partir de pesquisas de opinião. Elas indicam que, embora quase 90% dos brasileiros se declarem cristãos, poucos conhecem a Bíblia, e a maioria ignora a razão que levou Cristo ao sacrifício na cruz, e, em seguida, à ressurreição, vencendo a morte e nos assegurando a vida eterna. São fatos que ocorreram há quase 2.000 anos, e devem ser revelados ao mundo por todo aquele que um dia compreendeu o significado da vinda de Jesus à Terra, e encontrou a Paz. Para o cristão, segundo a Bíblia, divulgar a notícia de que os pecados de toda humanidade foram pagos com o sangue derramado por Jesus não é uma escolha. É uma missão de vida. Afinal, foi o próprio Jesus quem disse aos discípulos: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho”. Ele nos nomeou para, além de pregar, fazer discípulos de todas as nações. Foi por isso que os cristãos de Itapevi criaram a Operação Resgate Espiritual, palavras que formam a sigla O.R.E.
Os participantes do O.R.E. sairão em grupos para pregar o Evangelho – palavra que significa boa notícia. O evento de lançamento do O.R.E., que marcará também a primeira ação de impacto, acontecerá no dia 28 de julho, às 13 horas, na Praça 18 de Fevereiro, no centro de Itapevi. Enquanto os grupos distribuirão jornais e folhetos nas ruas próximas, cantores de música gospel – palavra inglesa que quer dizer Evangelho – se apresentarão na praça. Já estão confirmadas as presenças do Coral Life, Convic Soul, Equipe Real Viver, Umadci e Heric do Coral Kemuel, entre outros.

“Para criar o O.R.E., nós nos inspiramos num movimento que já existe no Paraná, onde os resultados foram expressivos. A sigla é a mesma, mas fizemos um modelo totalmente independente, adaptado para a realidade sócio-cultural de Itapevi”, afirma Elieser Salles, Pastor da Assembleia de Deus (Ministério Madureira), em Itapevi. Além de divulgar o Evangelho, o O.R.E. fará a articulação entre as lideranças evangélicas da cidade, pois, no cumprimento da missão cristã, é necessário que a pessoa a quem a palavra é pregada passe a desenvolver sua fé cristã, o que só acontece no relacionamento com outros cristãos, que se reúnem em igrejas. As denominações podem ser diferentes, mas todas precisam ter o mesmo compromisso: encontrar nas palavras da Bíblia o caminho para a renovação da mente, o primeiro passo para entender a vontade de Deus.

“O evangelho é a notícia mais espetacular de todos os tempos, mas nós não esperamos que ela seja divulgada pelos veículos tradicionais da imprensa. Afinal, a imprensa tradicional foi criada com o propósito de divulgar as coisas terrenas. As questões espirituais devem divulgadas pela igreja, porque assim definiu Jesus, e a Bíblia é a coleção de livros que nos traz todos os detalhes dessa notícia maravilhosa. É a enciclopédia completa, escrita por inspiração de Deus e entendida por seus discípulos. Cabe a nós divulgá-la e explicá-la a outros que, no futuro, terão o mesmo papel que nós. Para o Pastor Elieser esta é a rede que Jesus criou ao dizer aos primeiros discípulos: “Vão, Preguem o evangelho e façam discípulos”.

Hoje, quase 2.000 anos depois, os cristãos de Itapevi demonstram que compreenderam a mensagem, e decidiram executá-la sem hesitação. Na Bíblia, o livro do profeta Isaías, escrito cerca de 800 anos antes do nascimento de Cristo, adverte logo no primeiro capítulo: Deus não ouve a oração de quem conhece a palavra de Deus, mas não a coloca em prática. O projeto O.R.E., apesar do nome, é um convite para que à oração do evangélico se some a ação. Como ensina a Bíblia, a fé sem obras é morta e o que agrada a Deus é colocar em prática os ensinamentos de Jesus.
EQUIPE O.R.E

Nenhum comentário:

Postar um comentário