sexta-feira, 25 de maio de 2012

Julgue a si mesmo para não ser julgado

Lembre-se sempre de não maldizer a ninguém, principalmente as autoridades que estão sobre nós, porque caso façamos isso, estaremos trazendo maldição para nossas vidas, pois toda autoridade provém de Deus:

Rm 13:1-2 "Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação.";

Gn 9:20-27 "Sendo Noé lavrador, passou a plantar uma vinha. Bebendo do vinho, embriagou-se e se pôs nu dentro de sua tenda. Cam, pai de Canaã, vendo a nudez do pai, fê-lo saber, fora, a seus dois irmãos. Então, Sem e Jafé tomaram uma capa, puseram-na sobre os próprios ombros de ambos e, andando de costas, rostos desviados, cobriram a nudez do pai, sem que a vissem.

Despertando Noé do seu vinho, soube o que lhe fizera o filho mais moço e disse: Maldito seja Canaã; seja servo dos servos a seus irmãos. E ajuntou: Bendito seja o SENHOR, Deus de Sem; e Canaã lhe seja servo. Engrandeça Deus a Jafé, e habite ele nas tendas de Sem; e Canaã lhe seja servo."; o trecho acima é um exemplo de maldição à aqueles que difamaram a autoridade instituida por Deus, que no caso era Nóe, em vez de "cobrir com o rosto desviado" a nudez de Nóe, Canaã fez saber aos outros, para envergonhar o pai, o fruto de seu ato foi a maldição.

AD CARDOSO

Nenhum comentário:

Postar um comentário