terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Construir pontes é o contrário de levantar muros.


Pontes fazem ligação, aproximam, ajudam a transpor abismos, enquanto muros separam, isolam e criam barreiras.

Há pessoas que são especialistas em construir muros.

Elas vivem erguendo barreiras entre aqueles com os quais convivem. Geralmente fazem isso promovendo intrigas, discórdias, levam e trazem informação negativa de uma pessoa contra a outra. Gente assim está ao serviço de Satanás e, com certeza, acabará por colher o que semeia.

O mundo, com tantos muros promovendo separação, precisa de construtores de pontes, que se esforçam para aproximar e unir as pessoas.

Esses são os promotores da paz e da concórdia, permitindo-se ouvir, levar e trazer apenas as informações construtivas; as negativas, quando ouve, nunca as leva adiante.

Há anos, li a história de um trabalhador que, na fábrica onde servia, levava sempre consigo uma vasilha de óleo lubrificante, e quando encontrava uma engrenagem produzindo ruído de atrito, ele pingava algumas gotas do óleo. Ele ficou conhecido como "o homem do óleo".

Todo crente deve promover a paz entre as pessoas, seja na igreja, na escola, no trabalho ou na vizinhança. A palavra de Deus diz: " Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus" (Mt 5.9).

E Romanos 12.18 - Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens. Assim como:

Hebreus 12.14 - Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.

Seja um pacificador, semeie a paz e a concórdia, aja como instrumento para unir pessoas e nunca separá-las. 

Fonte: Refrigerio

Nenhum comentário:

Postar um comentário