segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

DE QUEM É A IGREJA ?


Somos também desafiados a cuidar bem da Sua igreja para que ela seja apresentada sem  mácula (Ef 5.27).

Mas, de quem é a igreja? Ela é de Cristo!

Digo sempre que, todos nós temos o dever de fazer da AD CARDOSO  a melhor igreja do mundo. Exatamente, porque ela não é nossa, e sim do Senhor Jesus Cristo, que pagou um alto preço para tê-la. Sendo assim, a sua imagem visível na terra (At 20.28).

Podemos incorrer no perigo de defender a igreja como se fosse nossa, como se ela existisse simplesmente para uma realização humana. Por isso, particularmente, devo estar sempre atento com a minha motivação, quanto ao cuidado da igreja. Quando eu tendo para o lado de defendê-la, porque eu sou seu pastor, e não aceito nenhum tipo de fracasso que poderá macular a minha imagem, a minha reputação, aí a igreja começa perder a GRAÇA.

A igreja é uma instituição divina com gente que estava morta em seus pecados e Deus lhe deu vida (Ef 2.1). Essa gente ressuscitada milagrosamente por Deus é que compõe a igreja (Ef 2.6). Só que elas ainda não estão livres da influência do pecado, e muitas caem e precisam ser levantadas. Levantadas por quem? Pelos que nunca pecaram? Não! Elas serão levantadas por aqueles que têm o mesmo potencial de queda, mas que pela misericórdia de Deus não caíram.

Precisamos urgentemente entender a graça. Por mais terrível que seja a queda de um irmão ou irmã, os nossos braços devem ser vistos como os braços do próprio Senhor para erguê-los.

Deus não nos chamou para cuidar de uma torcida de futebol, que inflamada peleja pelas cores de seu time. Ele nos chamou para, através do Poder do Espírito Santo em nós, cuidar e curar gente que precisa de cura. Quando agimos desta maneira, a GRAÇA perde totalmente a graça, e, muitas vezes, é usada pelo inimigo para gerar desgraça.

Nós somos a noiva de Cristo em meio à lama fétida deste mundo. Lutamos diariamente para que essa imundície não manche o vestido da noiva. E se alguém manchar? Vamos ajudá-lo a limpar, oferecendo o mais eficiente dos alvejantes, a GRAÇA de Deus em Cristo.

Mas Jesus, ouvindo-o, disse: Os sãos não precisam de médico, mas sim os enfermos” Mateus 9.12 

Já recebemos “pacientes terminais” em "nossa" igreja/UTI que provavelmente, ninguém quisesse receber. Em nosso meio existem pessoas com um “histórico espiritual” terrível e humanamente falando, melhor seria não as tê-las recebido. Mas, pela GRAÇA de Deus estão aqui dominicalmente, derramando lágrimas de gratidão por um Favor Imerecido que as recuperou e não as julgou indignas de estarem em nosso meio.

Lembre-se: Somos instrumentos de Deus e não juízes.

Erguendo- se Jesus e não vendo a ninguém mais além da mulher, perguntou- lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?

Respondeu ela: Ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus: Nem eu tampouco te condeno; vai e não peques mais. João 8.10-11. 
Pr. Elieser Salles
AD Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário